SEM meias PALAVRAS – Sem as tetas do Congresso Nacional, Gustavo Braga vai mamar nas gordas tetas da Câmara Municipal de Porto Ferreira a partir de janeiro

Vereador raposão vai aumentar poder de barganha e inchar Prefeitura com cargos de confiança na indigestão de Rippa

Publicado em 12/12/2018 18:55:21

SEM meias PALAVRAS – Sem as tetas do Congresso Nacional, Gustavo Braga vai mamar nas gordas tetas da Câmara Municipal de Porto Ferreira a partir de janeiro
Marco Rogério Duarte é jornalista, historiador, Especialista em Jornalismo Contemporâneo e Conjunturas de Mídia e estudante de Ciências Econômicas

Marco Rogério Duarte

Velha política 1

Parece que os vereadores de Porto Ferreira estão totalmente alheios ao furacão político que varreu várias lideranças nas eleições de outubro deste ano e apontou para o enterro dos praticantes da chamada velha política, aquela dos favores e do toma-lá-dá-cá e do “é dando que se recebe”.

Velha política 2

Talvez ainda atônitos com as novidades, os parlamentares vão eleger para a presidência do Poder Legislativo uma velha raposa: o vereador José Gustavo Braga Colucci.

Velha política 3

Bom de conversa, enrolão e promessão, Gustavo é quem melhor representa hoje a velha política em Porto Ferreira. Há muitos anos ele não trabalha e vive 100% da política. Vivia grudado nas tetas do Congresso Nacional, colocando familiares na assessoria do deputado federal Nelson Marquezelli, a quem fala apoiar há cerca de 100 anos.

Velha política 4

Ocorreu que os ardis e as artimanhas da velha raposa, ou melhor de Gustavo, parecem ter se esgotado. Assim, seus candidatos, o próprio Marquezelli, e o deputado estadual Campós Machado tiveram votações pífias em Porto Ferreira.

Velha política 5

Sem as tetas federais, Gustavão decidiu partir para a busca de uma teta municipal. E rapidamente ele chegou à conclusão de que nada melhor do que mamar nas gordas tetas da Câmara Municipal de Porto Ferreira.

Chapa

Na última sessão da Câmara, realizada na última segunda-feira, dia 10 de dezembro, Gustavo registrou sua chapa para concorrer à presidência da Casa de Leis. E já canta vitória, pois tudo indica que tem a maioria dos votos.

Independente

Por sua vez, o professor Sérgio de Oliveira (DEM), que representaria um rompimento com a velha política, registrou a candidatura à presidência da Câmara Municipal de forma avulsa, ou seja, sem a chapa completa. Ele tem o voto certo de Alessandro Dentinho (PSDB) e também poderia ter o apoio de Alan João (PSB) e de Ismael Silva (DEM), mas estes dois votos não seriam tão confiáveis.

Prefeito no páreo

Além de contar com o apoio da Banca da Bíblia depois de votar de forma absurda, contra a criação do Conselho da Diversidade Sexual, Gustavo Raposão também teria seduzido o presidente da Caa atual, Miguel Bragioni. Além disso conta com o apoio do prefeito Rômulo Rippa.

Sem escrúpulos

Aliás, a marca d eGustavo Raposão na política tem sido a de não ter qualquer escrúpulo para chegar e se manter no poder. Em nome desta lógica ele traiu sua família várias vezes. Tanto que é desafeto de André, Renata e Dani. Nenhum dos irmãos confia no primo.

Vida curta

Conversando com o decano da família, o grande chefe político Dorival Braga, ele me disse que Gustavo terá sérias dificuldades para se reeleger em 2020.

Mediocridade

Pelo jeito a marca da atual Câmara Municipal será a da mediocridade. Esta é uma das piores, se não a pior formação da Câmara Municipal de Porto Ferreira. Pelo jeito muitos serão varridos de suas cadeiras daqui a dois anos como outros que já passaram por lá e se julgavam “eternos”.

Bota fora 1

Pelos lados da política de São Carlos, a dupla ferreirense formada pelo secretário de Planejamento e Gestão do governo Airton Garia (PSB), Roberto Paulo Valeriani Ignátios, o famoso “Inigo” e seu fiel escudeiro, Carlos Agusto Colucci, o Guto, Duto ou Tebas, parece que estão limpando as gavetas.

Bota fora 2

Pelos bastidores circula a notícia de que Tebas tenta se segurar e ficar no lugar de Inigo na condição de secretário, mas ele não teria o mesmo prestígio do titular. Inigo é da tchurma de Airton, são contemporâneos e etc. Assim, ambos podem estar de volta para a política ferreirense.

Virando o disco

Aliás, Inigo, que antigamente parecia um entusiasta da gestão (ou indigestão) do prefeito Rômulo Rippa, hoje já fala outro idioma e se reaproxima do Clã Braga, que, segundo ele teria todas as condições de voltar a comandar Porto Ferreira.

Aposentado

E quem se aposentou recentemente como delegado foi o ex-prefeito Maurício Rasi (MDB). Ele deve deixar em breve o cargo de assessor especial do Ministério do Turismo e deverá ocupar importante espaço dentro do seu partido, onde é um dos xodós do todo poderoso Baleia Rossi.

País do Futuro

Em homenagem a Gustavo Raposão, dedico a canção “O País do Futuro” da Banda Camisa de Vênus. Confira o clipe e a letra abaixo!!!

 

Bem, pessoal, por enquanto é só. Voltaremos no domingo com mais uma coluna junto com sua tradicional macarronada.

Um forte abraço a todos e até lá!

Se você gostou desta coluna, indique aos amigos! Caso contrário, indique aos inimigos...

 

 

O País do Futuro

Camisa de Vênus

 

Aqui não tem problema, só se você quiser

Este é o país do futuro, tenha esperança e fé

Todo dia lhe oferecem, sempre o melhor negócio

Vão levar a sua grana, vão lhe chamar de sócio

Vai ficar tudo bem, acredite em mim, meu filho

A gente aumenta o seu salário, dispara o gatilho

Aí, pra que você não reclame, e também pra que não esqueça

Dispararam o tal do gatilho, em cima da sua cabeça

Nós vamos outra vez, pro fundo do buraco

Você não tem vergonha, e eu já não tenho saco

E vamos outra vez, pro fundo do buraco

Você não tem vergonha, e eu já não tenho saco

 

 

No peito um crachá, na boca um sanduiche misto

Muito pouco aqui no bolso, mas muita fé em Jesus Cristo

Quem sabe ele se zanga, desce lá do Corcovado

Passa o cajado nessa corja, Deus também fica retado

Mas enquanto ele não vem, não vou ficar parado

Segure a onda meu irmão, que eu já tô injuriado

Se você não me respeita, vou radicalizar

Meto a mão em seu focinho, eu tô cansado de apanhar

Nós vamos outra vez, pro fundo do buraco

Você não tem vergonha, e eu já não tenho saco            

Estamos outra vez no fundo do buraco

Você não tem vergonha e eu já não tenho saco...

 

" E Molengueira, os "bandido" tão atirando

pra tudo que é lado meu irmão...

sai de baixo...

Mas minha conta na Suíça tá uma beleza...

tá engordando.... há, há"

 

 

 

Vídeo

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 145