Justiça decreta prisão temporária de empresário suspeito de matar tatuador Marcos Tsunami em briga de trânsito

Fernando Ganci, de 40 anos, é considerado foragido e ainda não foi localizado, segundo a polícia. Discussão terminou em morte na segunda-feira (3), em rua na região da rodoviária.

Publicado em 05/12/2018 16:39:17 | Por: G1 São Carlos e Araraquara

 Justiça decreta prisão temporária de empresário suspeito de matar tatuador Marcos Tsunami em briga de trânsito
Marcos Gentil Romero, o Tsunami, de 36 anos, foi morto e tiros em São Carlos — Fotos/ARTE - PRIMEIRA PÁGINA


 
O empresário Fernando Ganci, de 40 anos, é suspeito de matar o tatuador em São Carlos — Foto: Reprodução/EPTV

O empresário Fernando Ganci, de 40 anos, é suspeito de matar o tatuador em São Carlos — Foto: Reprodução/EPTV

A 2ª Vara Criminal de São Carlos (SP) decretou a prisão temporária de 30 dias do empresário Fernando Ganci, de 40 anos, suspeito de matar o tatuador Marcos Gentil Romero, de 36, na segunda-feira (3).

Ganci é considerado foragido da Justiça e ainda não foi encontrado. A Polícia Civil suspeita que ela ainda esteja na cidade e faz buscas. Ele vai ser indiciado por homicídio qualificado e porte ilegal de arma.

G1 não conseguiu localizar a defesa de Ganci.

 

 
Empresário que atirou em tatuador é considerado foragido

Empresário que atirou em tatuador é considerado foragido

O crime

O tatuador foi morto a tiros dentro do próprio carro no início da noite de segunda-feira (3) na Rua César Ricome, próximo à rodoviária, após uma discussão de trânsito.

Segundo a Polícia Civil, o empresário autor foi estacionar em uma das vagas de um supermercado e teve o carro obstruído devido ao congestionamento causado pelo semáfogo fechado.

 
Motorista foi assassinado em suposta briga de trânsito em São Carlos — Foto: A Cidade ON/São Carlos

Motorista foi assassinado em suposta briga de trânsito em São Carlos — Foto: A Cidade ON/São CarlosHouve uma discussão, o empresário conseguiu estacionar e, assim que desceu, o tatuador o teria ofendido, segundo testemunhas.

"Nesse momento o autor partiu para cima da vítima, acabou desferindo um murro no rosto e na sequência efetuou os disparos”, disse o delegado Gilberto de Aquino na terça-feira (4).

De acordo com o delegado, após matar o tatuador, o empresário deixou as mulheres em casa, descarregou as compras do supermercado e fugiu.

 
Marcos Gentil Romero, o Tsunami, de 36 anos, foi morto e tiros em São Carlos — Foto: Reprodução/Facebook

Marcos Gentil Romero, o Tsunami, de 36 anos, foi morto e tiros em São Carlos — Foto: Reprodução/Facebook

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 139