Começa a segunda etapa da vacinação contra a gripe; saiba qual é o público-alvo

Campanha de vacinação teve início no dia 23 de abril

Publicado em 06/05/2018 10:14:33

Começa a segunda etapa da vacinação contra a gripe; saiba qual é o público-alvo
Dia D: dia 12 de maio, para todos os grupos do público-alvo

Nesta quarta-feira, 2, começou a segunda etapa da vacinação contra a gripe, para o grupo que compreende crianças com idade maior que 9 meses e menor que 5 anos, gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto. A campanha de vacinação teve início no dia 23 de abril para trabalhadores de saúde, pessoas com 60 anos ou mais e indígenas. Restam duas etapas a serem cobertas pelo programa de vacinação (veja abaixo).

No período de troca de estações, as repentinas mudanças no tempo deixam as pessoas mais vulneráveis a contraírem gripes e resfriados, principalmente em grupos mais vulneráveis como crianças, gestantes e as novas mamães.

A vendedora Priscila Santana é mamãe de primeira viagem não faz nem um mês e já está se organizando para se proteger contra a gripe. “Neste momento, fico preocupada, porque não quero correr o risco de adoecer e passar alguma doença para meu filho”, conta.

A segunda etapa da vacinação também deixa em alerta a cirurgiã-dentista Larissa Malavasi, de Sorocaba, que agora se sente mais segura em relação à proteção de seu primeiro filho, João Guilherme, prestes a completar 10 meses. “É bom saber que ele estará protegido do vírus, pois nessa idade uma gripe pode ser preocupante”, afirma.

Uma dúvida que fica para muitas pessoas é sobre os efeitos da vacina ao corpo, principalmente quando se tratam de grupos mais vulneráveis. A diretora de Imunização da Secretaria do Estado da Saúde, entretanto, tranquiliza essas pessoas.

“É importante deixar claro que a vacina não provoca gripe em quem tomar a dose, já que é composta apenas de fragmentos do vírus que causam a devida proteção, mas são incapazes de causar a doença”, afirma, relembrando outras funções da vacina. “A vacinação contra o vírus Influenza é fundamental para evitar complicações decorrentes da gripe, otites e sinusites.”

Dia D

Além de todas as etapas anteriores, em 12 de maio serão atendidos todos os grupos, isto é, toda a população-alvo. O chamado Dia D será em um sábado, quando os postos de saúde funcionarão das 8h às 17h.

90% do público-alvo

O governador Márcio França participou do evento de lançamento da campanha de vacinação. Com ele no Centro de Saúde Pinheiros, na capital paulista, estava o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. Ambos reforçaram a importância da iniciativa em relação aos públicos-alvo. “O Influenza é perigoso para idosos e bebês. Fiz questão de vir para demonstrar meu apoio à iniciativa. Pedimos a todos que se dediquem a divulgar essa campanha importantíssima”, afirmou França. A expectativa é vacinar contra o vírus Influenza 10,7 milhões de paulistas, o que corresponde à meta de 90% da população-alvo definida para a campanha.

A vacina é produzida pelo Instituto Butantan, unidade vinculada à Secretaria, que neste ano disponibilizou 60 milhões de doses ao Ministério da Saúde para a realização da campanha em todo o Brasil. “Todas as doses são produzidas aqui no Butantan, o que facilita muito. Somente para São Paulo foram 11 milhões de doses”, completou o governador.

Segundo recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde), a vacina de 2018 irá prevenir a população alvo contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B.

Etapas da Campanha 2018

  • Etapa 1: a partir do dia 23 de abril, para trabalhadores de saúde, pessoas com 60 anos ou mais e indígenas
  • Etapa 2: a partir de 2 de maio, para crianças com idade maior que 9 meses e menor que 5 anos, gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto
  • Etapa 3: a partir de 9 de maio, para pacientes diagnosticados com doenças crônicas, professores e outros
  • Dia D: dia 12 de maio, para todos os grupos do público-alvo

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 137