Criatório de aves de Porto Ferreira recebe pesquisadores americanos

O motivo da presença dos pesquisadores americamos no criatório ferreirense foi a coleta de material genético para um projeto de caracterização das variações nos genes de aves da espécie Gallus gallus em países da região equatorial.

Publicado em 02/02/2017 17:03:49 | Por: PORTO FERREIRA HOJE

Criatório de aves de Porto Ferreira recebe pesquisadores americanos
Criadores, pesquisadores e equipe da EPTV Central - divulgação

 

Na última semana o Criatório de Aves Irineu Salviato, de Porto Ferreira, recebeu o professor e pesquisador Carl Schmidt e o estudante de biologia Blair Schneider, ambos da Universidade de Delaware, da cidade de Newark, Estado de Delaware, Estados Unidos.

O motivo da presença dos pesquisadores americamos no criatório ferreirense foi a coleta de material genético para um projeto de caracterização das variações nos genes de aves da espécie Gallus gallus em países da região equatorial.

Segundo informado por Irineu Salviato, propietário do criatório, até o momento já foram coletadas amostras de países da África e existe um interesse em determinar as variações genéticas nessa espécie de ave na América do Sul, justificando o interesse no Brasil. O objetivo geral é identificar genes que controlam as repostas ao estresse ocasionado por altas temperaturas, com o intuito de aumentar a tolerância das aves a ondas de calor.

O contato entre o criatório e os pesquisadores foi feito por Matheus de Paula Reis, da Unesp, com pós-doutorado. A Unesp já é parceira do criatório.

Para se conhecer o material genético do criatório, já foram coletadas 196 amostras, de 60 variedades de galinhas, com ênfase das raças Índio Gigante, Ketros e Músico Brasileiro, que despertaram muito interesse do pesquisador.

O resultado da análise do material genético coletado será passado futuramente ao Criatório, que também será citado na publicação científica do pesquisador para o mundo, Com o mapeamento genético o Criatório conhecerá definitivamente o que tem em variedade.

Segundo ainda Irineu Salviato, o que mais impressionou o pesquisador Carl foi diversidade de variedades de galináceos aqui encontrada, dizendo que nunca tinha visto nada semelhante em outro lugar, sendo que mesmo ficou muito agradecido pela recepção e colocou que, com certeza, isso muito vai ajudar a encontrar o que procuram, que é aumentar a resistência das aves ao calor e, por sua vez, proporcionar alimento mais barato, com custo mais barato e agredindo menos as aves e o meio ambiente.

Acompnharam e auxiliaram o trabalho de coleta do material o responsável técnico do Criatório, Alan Comim, sua esposa Natália, bem como os funcionários Sr. João e Dona Idalina.

Uma equipe da EPTV esteve cobrindo o trabalho de coleta, já que o assunto é de relevância que ultrapassa os limites do município.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 145