BRK Ambiental leva conhecimento sobre saneamento para estudantes de Porto Ferreira

Os alunos, que tem entre 10 e 11 anos, foram até a Estação de Tratamento de Água da cidade onde aprenderam sobre o sistema de abastecimento de água do município

Publicado em 17/07/2019 14:18:31

BRK Ambiental leva conhecimento sobre saneamento para estudantes de Porto Ferreira

 

Cerca de 80 alunos da EMEF Ruth Barroso Teixeira participaram no mês de junho do Programa Portas Abertas realizado pela BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto do município, em parceria com o Departamento de Educação.

Os alunos, que tem entre 10 e 11 anos, foram até a Estação de Tratamento de Água da cidade onde aprenderam sobre o sistema de abastecimento de água do município, as etapas para a produção da água que é distribuída, desde a captação, tratamento, reservação e distribuição. Eles também receberam informações sobre o sistema de esgotamento sanitário, contemplando a coleta, afastamento, tratamento e sobre o lixo jogado indevidamente na rede de esgoto. Além dos assuntos abordados, puderam caminhar entre os tanques do tratamento de água visualizando de perto tudo o que aprenderam.

Além disso, a concessionária também realizou uma palestra sobre saneamento básico com a mesma abordagem do Porta Abertas para 34 alunos do SESI. “Na ocasião, um dos estudantes relatou que quando crescer também quer trabalhar para ajudar as pessoas. Percebi que ele entendeu como o nosso trabalho contribui para a saúde da população”, conta Karina Pereira da área de Responsabilidade Socioambiental da BRK Ambiental.

O programa retorna em agosto, após o fim das férias escolares, e três escolas já estão na programação para participarem do Programa Portas Abertas que ocorrerá até o final do ano.

 

O projeto

O Portas Abertas faz parte do cronograma de ações do Projeto Técnico Socioambiental (PTS) financiado pela Caixa Econômica Federal. É desenvolvido para alunos do 5º ano das escolas municipais e, desde seu início em 2013, já contou com a participação de 4 mil estudantes. Em 2019 a expectativa é que cerca de 650 alunos participem das atividades.

No Portas Abertas, durante uma hora e meia, os visitantes aprendem, de maneira didática, todas as etapas para a produção da água que é distribuída na cidade: desde a captação, o tratamento, a reservação e distribuição, até chegar as casas, comércios e indústrias. É explicado aos estudantes como a água do rio Mogi Guaçu chega a estação, quais produtos químicos são aplicados para o correto tratamento, quais são os processos necessários para que a água atenda aos padrões de potabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde, e como a água tratada é armazenada para distribuição.

Posteriormente, os alunos caminham entre os tanques de tratamento da água, visualizando de perto tudo aquilo que aprenderam, desde a chegada da água em estado bruto do rio até a sua saída, estando já cristalina e principalmente potável.

Após a visita ao processo de tratamento de água, os alunos retornam para a sala e recebem informações sobre o processo de coleta, afastamento e tratamento de esgoto da cidade, sobre os riscos do uso incorreto da rede de esgoto causado pelo lançamento da água da chuva na rede e o descarte de lixo, que podem causar transtornos a toda a população da cidade.

Escolas estaduais, particulares, técnicas e faculdades que tenham interesse no programa também podem solicitar a participação por meio do e-mail: kpereira@brkambiental.com.br.

 

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 163