Rádio Primavera: entre “Summer Place“ e “Domino Dancing”; confira os clipes das duas músicas

Não me sai da cabeça a música “Domino Dancing” da dupla inglesa Pet Shop Boys, que foi uma das mais tocadas naquele ano e fazia parte do LP da Trilha Sonora da novela “O Salvador da Pátria”. Wanderley a tocava a canção dia sim e dia também. E assim passou

Publicado em 28/01/2021 07:20:02

 Rádio Primavera: entre “Summer Place“ e “Domino Dancing”; confira os clipes das duas músicas

Marco Rogério Duarte

Adquiri, desde criança, o hábito de ouvir rádio. Foi uma herança de família. Minha mãe, Clarice, sempre acordou por volta de 5h, 5h30. Meu pai, Sebastião, adorava ouvir música e também futebol.

Por sua vez, a história radiofônica de Porto Ferreira começa em 1948, quando Máximo Fenili compra de Benedito Atabb Miziara, o serviço de alto falantes instalado na Praça Cornélio Procópio. Em 1961 com a renúncia do presidente Jânio Quadros, o deputado Ranieri Mazzili que era presidente do Congresso Nacional assume interinamente a presidência e assina a autorização para o funcionamento definitivo da Rádio Primavera.

Com 250 WATS de potência, e operando na frequência de 1.480 klc, a Rádio Primavera foi inaugurada no dia 29 de julho de 1962, dia do aniversário de Porto Ferreira, há 59 anos.

A Rádio Primavera atualmente transmite sua programação na frequência de 1.470 khz AM.   Recordo-me que em 1989, na hora do almoço, entre 11h e 11h30, o radialista Wanderley Klein apresentava o programa “Panorama”, misto de música e informação. Eu, então, trabalhava no Jornal do Porto, debutando no jornalismo, já que cursava o segundo ano de faculdade na Unaerp.

Não me sai da cabeça a música “Domino Dancing” da dupla inglesa Pet Shop Boys, que foi uma das mais tocadas naquele ano e fazia parte do LP da Trilha Sonora da novela “O Salvador da Pátria”. Wanderley a tocava a canção dia sim e dia também. E assim passou a fazer parte da minha trilha sonora particular.

Alguns outros programas me chamaram a atenção. Um deles era exibido aos sábados pelo Doni Silva. Acredito que algumas sagas mostradas eram verdadeiras e, tantas  outras, resultado de ficção. Mas isso não interessava. “A História de Minha Vida” fazia todo mundo chorar com o drama. Lembro-me que um dos programas apresentou a história de um grupo musical que sofreu um acidente na volta de Pirassununga, numa Kombi, e alguns morreram.

Desta feita, a música que fechou o programa foi o “Toque de Recolher”. Doni Silva ficou tão popular com o programa que quase virou prefeito de Porto. Existia também a “Parada do Estudante”, onde as salas de aulas das diversas escolas escolhiam 5 ou 6 canções que eram tocadas diariamente.

Em 29 de julho 1992, quando completou 30 anos, a Primavera recebeu, na minha opinião, a sua maior homenagem. Foi durante a final da Gincana Municipal, quando a Equipe 69 contou a história da emissora teatralizada. O palco foi decorado como um aparelho de rádio. Sobre ele desfilaram as canções dos festivais, a Ditadura Militar, a Jovem Guarda, a redemocratização do Brasil, o rock nacional, o sertanejo e, finalmente, o axé music, com a explosão de “Swing da Cor”, de Daniela Mercury. Coisas da genial  gente ferreirense.

Naquela época a emissora funcionava das 5h ou 5h30 à meia-noite. O encerramento da programação era anunciado e em seguida era tocada a canção “Summer Place” (Um Verão) tema do filme “Amores Clandestinos”, de 1959, que é magnífica e nos remete à infância e à juventude.

Parece que como tudo o que é bom, um dia acaba. Em outubro de 1995, a Primavera passou a funcionar 24h por dia. Foi o fim de “Summer Place” e de uma era...

 

Marco Rogério Duarte é jornalista e historiador

Vídeo

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 192