Morre, aos 72 anos, o sindicalista João Gordo

Ele presidia a entidade sindical de Porto Ferreira há quase 30 anos

Publicado em 22/12/2020 19:28:42

Morre, aos 72 anos, o sindicalista João Gordo
João Gordo com o prefeito Rômulo Rippa: três décadas de trabalho em prol dos trabalhadores Foto: Divulgação

 

Marco Rogério

Morreu na última quinta-feira, 17 de dezembro, em Porto Ferreira, aos 72 anos, o sindicalista João Cândido Sobrinho, mais conhecido como João Gordo. Há cerca de 30 anos, ele estava como presidente do Sindicato dos Trabalhadores Ceramistas e Vidreiros de Porto Ferreira (SindVico), a maior entidade sindical de Porto Ferreira.

Gordo sucedeu, ainda nos anos 1990, o já falecido presidente Antonio Sprestesopo e nunca mais deixou a direção do sindicato. Segundo informações de amigo, João, que tinha vários problemas de saúde, teria abandonado seus tratamentos desde que sua esposa morreu, há cerca de 4 meses.

Seu corpo foi sepultado no Cemitério Cristo Rei, também conhecido como “Cemitério Novo” na sexta-feira, 18 de dezembro. De estilo calmo e bonachão, João era um sindicalista sereno e tranquilo e que também se notabilizava pelo diálogo e pelo consenso.

Nos últimos anos, João se viu às voltas com a crise do setor cerâmico e principalmente com as demissões em massa e o processo de da recuperação judicial da Cerâmica Porto Ferreira, que ainda emprega cerca de 400 trabalhadores. 

 

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 198