Associação Comercial de Porto Ferreira espera aumento nas vendas do setor ceramista no Natal

Consumidores de várias partes do país aproveitam para comprar enfeites de Natal e louça para as festas do final de ano.

Publicado em 04/12/2017 07:34:50 | Por: G1 São Carlos e Araraquara

Associação Comercial de Porto Ferreira espera aumento nas vendas do setor ceramista no Natal
As lojas de Porto Ferreira oferecem várias opções de presentes em cerâmica, gesso, ferro e ouros materiais -- DIVULGAÇÃO

Mesmo antes de dezembro, as lojas de cerâmica de Porto Ferreira (SP) já estavam lotadas de clientes, que saíam com as sacolas cheias. A expectativa da Associação Comercial é de um aumento de até 10% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

A época do ano que precede o Natal é a melhor na opinião dos lojistas. “30% de aumento de vendas nessa época do ano, os empresários fizeram bons investimentos”, explicou Leandro Gentina, presidente da Associação Comercial.

Consumidores de várias partes do país aproveitam para comprar enfeites de Natal e louça para as datas festivas, como o empresário Laerte de Jesus Martins que veio de Santa Catarina. “Vim comprar cadeiras enfeites para o Natal, vou voltar com o caminhão cheio”, disse Laerte.

Apesar do objetivo dos consumidores serem os enfeites de Natal, alguns aproveitam a viagem e preço e acabam enchendo as sacolas. “O que precisa e o que não precisa, quando chega à casa a gente faz um balanço e vê que tem muita coisa que não precisava, mas compramos mesmo assim”, disse a aposentada Denise Presotto.

Aumento de vendas

A estratégia escolhida pela loja que a Ester de Souza trabalha como vendedora foi colocar uma mesa bem natalina na porta pra fisgar os olhares. A ideia é vender também as outras peças do estoque.“É um chamariz para o cliente entrar e acabar conhecendo outros atrativos da loja”, explicou Ester.

 
A tradicional cerâmica de Porto Ferreira está na lista de compras de visitantes. Para os ceramistas esse pode ser o alívio que eles esperavam.

“Hoje está em torno de 20% a 30% o nível de vendas, então é uma melhora significativa, esperávamos, mas estamos mais otimistas, isso reflete na produção, estamos fazendo horas extras e estamos contratando”, explicou Ivan Burian, presidente do Sindicato dos Ceramistas.

Além das lojas de cerâmica, outros comércios também são beneficiados com a movimentação. “O mês de novembro é um dos mais movimentados, eu acredito que o faturamento dobra”, disse Fernanda Souza, comerciante de uma loja de almofadas.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 122