Quadrilha promove cenas cinematográficas em mega assalto a agências bancárias e confronto com a polícia

De acordo com informações, ocorreram diversos pontos de tiroteios em várias partes da cidade, sendo ainda registradas explosões e ataques a diversas outras agências bancárias e também pontos comerciais.

Publicado em 30/07/2020 16:33:16

Quadrilha promove cenas cinematográficas em mega assalto a agências bancárias e confronto com a polícia

A cidade de Botucatu (SP) viveu momentos de pânico e tensão na madrugada desta quinta-feira (30), em uma intensa troca de tiros entre uma quadrilha de criminosos e também policiais militares, após um ataque ocorrido contra uma agência bancária no centro de tal município.

De acordo com informações, ocorreram diversos pontos de tiroteios em várias partes da cidade, sendo ainda registradas explosões e ataques a diversas outras agências bancárias e também pontos comerciais.

Durante a intervenção dos criminosos, pessoas foram mantidas como reféns pelas ruas do município, onde o confronto e troca de tiros, durou aproximadamente 3 horas. Em tal ocasião, os marginais incendiaram um automóvel em frente do Batalhão da Polícia Militar da cidade.

A ação, se trata de um ato coordenado jamais visto por tal município, onde com a intensa troca de tiros, em praticamente todos os pontos da cidade e rodovias, não foi possível quantificar as ações criminosas ocorridas, que mobilizaram dezenas de viaturas policiais, no patrulhamento por toda a extensão de Botucatu (SP).

Para o confronto com os criminosos, houve um auxílio e apoio do GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) da Polícia Militar, bem como outras unidades especiais da corporação, além da Polícia Civil. Segundo informações da polícia, o tipo de ataque ocorrido na madrugada, se trata de uma ação jamais vista, em questão a um ataque simultâneo, presenciado por toda a região.

Durante o confronto, dois policiais militares foram alvejados por tiros, e socorridos até o Pronto Socorro do bairro Vila Assumpção, onde segundo informações, os ferimentos não foram graves e os quadros clínicos dos militares são estáveis.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 182