Vinte anos...

Em outra ocasião ri muito vendo você e a Ágatha cantando “deixa a vida me levar, vida leva eu”dentro do velho Uno cor de vinha que eu tinha... Momento mágico...

Publicado em 03/06/2020 08:48:50

Vinte anos...
Marco Rogério Duarte Júnior em 2004 na foto e no talento do chargista Tutty - ARQUIVO PESSOAL

MARCO ROGÉRIO DUARTE 

Me lembro que você veio ao mundo numa tarde de sábado. Era um dia frio de final de outono! O relógio marcava 15h45. A Rede Globo exibia São Paulo X Santos, final do Campeonato Paulista quando você nascia na Maternidade Dona Francisca, na Santa Casa de São Carlos.

Não pude assistir seu parto. O vi pela primeira vez alguns minutos depois. Quando fomos para casa (morávamos eu, sua mãe e a pequena Ágatha, com menos de um ano, no Santa Felícia) você chorou muito na primeira noite e fui eu quem balançou seu carrinho boa parte da noite para garantir seu sono.  Foi sua própria mãe que quis que você levasse meu nome...

Em outra vez, pegou pneumonia e passei duas noites com você na Santa Casa. Você era tão forte que chegou a quebrar a tala colocada na sua perninha para a condução do soro...

Quando você completou dois aninhos papai foi buscÁ-lo na Escolinha Arte do Saber, na Rua Larga, na Vila Prado. Uma festinha o esperava. Porém, quando saía pelo portão você se soltou da cuidadora e correu para me abraçar. Com dois anos você foi mais rápido que todos nós... Mas um carro vinha pela rua. Eu gritei um “Não” tão alto que ainda ecoa nos meus ouvidos tanto tempo depois. A senhora que diria o carro passou pela lombada que ali ainda existe, e freou. Eu o agarrei com meus braços o beijei e levei-o para a festa. O momento era de alegria!

Mas no dia seguinte, lembrando da  cena, chorei muito... Afinal, corri o sério risco, naquele final de tarde de levar apenas seu corpinho para casa e não você, vivo, bonito e lindo!!!

Em outra ocasião ri muito vendo você e a Ágatha cantando “deixa a vida me levar, vida leva eu”dentro do velho Uno cor de vinha que eu tinha... Momento mágico...

Ao longo do tempo você sempre me surpreendeu. Como no dia em que conversávemos sobre gosto musical. Eu resignado para ouvir você falar que curtia Lady Gaga ou Justin Bieber...Mas você me disse que curtia Black Sabath, Led Zepellin, Van Hallen e Legião Urbana...

Outra vez me pediu uma Gramática de presente de aniversário. Foi impossível não perceber que você era diferente, focado, obcecado pelo sucesso pessoal e profissional!

Hoje, homem feito, fiel a Deus e nerd implacável, eis que surge como futuro médico, ingressando na Medicina da Universidade Federal de Medicina.

Neste momento em que você inicia mais uma caminhada enche meu coração de felicidade e de ORGULHO. Sou muito feliz por ser SEU PAI e de você levar meu nome para onde for! Que um dia me dê um neto que também seja MARCO ROGÉRIO DUARTE!

Graças ao seu talento, seu trabalho e sua luta, a  vida te levou longe, filho! Voe, filho!Voe bem alto! Voe para o mundo e para onde seu pai nunca sonhou em chegar

 Faça de sua futura profissão um meio de salvar vidas e de fazer este mundo complicado um lugar melhor para vivermos! Que continue sendo um orgulho  para mim, para sua mãe, seu padrasto e também para seus três irmãozinhos  (Ágatha, Lívia e Thomas) e também para seu único sobrinho, o pequenino Miguel...

Emprestando o refrão de Zeca, sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu! Tenho certeza de que você também!!!

Parabéns, feliz aniversário e que Deus lhe inspire, proteja e guie! Meu eterno beautiful boy...

Vídeo

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 186