Solidariedade e ação da Prefeitura e entidades de São Carlos diminuem frio da população de rua

O trabalho conjunto, por causa das baixas temperaturas, resultou na prestação direta de serviços a 40 pessoas na Igreja São João Batista, 50 na Casa de Passagem e mais 40 na Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Publicado em 09/07/2019 06:52:53

Solidariedade e ação da Prefeitura e entidades de São Carlos diminuem frio da população de rua
Todos os moradores de rua foram convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou nos espaços preparados para receber essas pessoas, como no salão da Igreja São João Batista e na Casa da Divina Misericórdia - DIVULGAÇÃO

 

Entre a última sexta-feira (5/7) e a madrugada dessa segunda (8/7), 130 pessoas foram atendidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, e entidades assistenciais ligadas a Igrejas e Movimentos Sociais de São Carlos. O trabalho conjunto, por causa das baixas temperaturas, resultou na prestação direta de serviços a 40 pessoas na Igreja São João Batista, 50 na Casa de Passagem e mais 40 na Comunidade Missionária Divina Misericórdia. Esse é o balanço feito durante a ação dos quatro dias, segundo Fernando de Oliveira, diretor de Direitos Humanos da Secretaria de Cidadania e Assistência Social. 

Visita nas ruas - O plantão noturno com ronda foi intensificado para atender e acolher, principalmente, pessoas em situação de rua. As atividades começaram todas as noites por volta das 18h e foram até às 22h, até que todos os pontos fossem visitados e todos os moradores convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou nos espaços preparados para receber essas pessoas, como no salão da Igreja São João Batista e na Casa da Divina Misericórdia.

De acordo com Fernando de Oliveira também foram entregues cerca de 120 cobertores doados pelo Fundo Social de Solidariedade e, em todos os espaços de acolhimento, além do pernoite, todos receberam café da manhã. “Outro saldo positivo é o de que não tivemos nenhuma morte na rua. Também encontramos um idoso perdido e, após conseguirmos contato com a família, ele voltou pra casa. Houve, ainda, duas famílias em contexto de vulnerabilidade social encaminhadas à Casa de Passagem”.

 

União de esforços - Esse mutirão foi feito em função do frio muito intenso, principalmente nas madrugadas e, a partir de agora, a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social volta à sua rotina normal, considerada padrão. O Centro POP fica localizado na rua São Joaquim, 818, no Centro. Já a Casa de Passagem funciona na rua Marechal Deodoro, 2490, também no centro. Além do trabalho também muito importante da Comunidade Missionária Divina Misericórdia, na rua Gregório Aversa, 475.

“Não podemos deixar de destacar, em todo esse processo o trabalho valioso e inestimável dos voluntários e da população de São Carlos. Houve um envolvimento de muita gente e isso, sem dúvida, ajudou na eficiência de atendimento e assistência. A formação rápida de uma rede como essa é o que faz toda a diferença. Nosso muito obrigado, de coração, em nome da secretária Glaziela Solfa Marques e do prefeito Airton Garcia, a todas e todos que colaboraram”, disse Fernando de Oliveira.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 161