São Paulo Criativo poderá ter unidade em São Carlos

Os cursos são desenvolvidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com o Centro Paula Souza e possuem duração de 100 a 160 horas e atualmente são ministrados em 8 unidades

Publicado em 26/09/2019 05:46:34

São Paulo Criativo poderá ter unidade em São Carlos
Daniel Barros, esteve nesta quarta-feira (25/9) em São Carlos e foi recebido pelo prefeito Airton Garcia e pelo secretário de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto´- divulgação

 

O coordenador do ensino técnico profissionalizante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e responsável pelo São Paulo Criativo, programa de qualificação profissional voltado aos jovens que buscam desenvolver conhecimentos e habilidades necessários para atuação em setores da economia criativa, Daniel Barros, esteve nesta quarta-feira (25/9) em São Carlos e foi recebido pelo prefeito Airton Garcia e pelo secretário de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto.

Barros esteve na cidade para conhecer alguns locais oferecidos pela Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda para a instalação de uma futura unidade do programa São Paulo Criativo. O objetivo é contribuir para a geração de emprego e renda por meio da produção empreendedora de bens e serviços em segmentos da cultura, inovação, design, desenvolvimento de softwares, publicidade, gastronomia, turismo e áreas ligadas ao entretenimento.

Os cursos são desenvolvidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com o Centro Paula Souza e possuem duração de 100 a 160 horas e atualmente são ministrados em 8 unidades: capital, Osasco, Taubaté, Santos, São Vicente, São Bernardo do Campo, Campinas e Presidente Prudente.

“Pretendemos instalar uma unidade em São Carlos já que a Prefeitura nos oferece o espaço físico e os equipamentos e aqui nos temos muita demanda, temos uma ETEC que abriu várias turmas e participa ativamente do Programa NOVOTEC que também oferece cursos profissionalizantes, mas somente aos estudantes das escolas estaduais do ensino médio. Já pelo São Paulo Criativo pode participar qualquer pessoa da comunidade. Também escolhemos São Carlos pela qualidade do seu capital humano”, explica Daniel Barros.

O coordenador disse, ainda, que vai se reunir com empresas do setor de tecnologia da cidade para entender que tipo de vagas eles oferecem, para depois verificar que tipo de qualificação deve ser oferecida. Pretendemos assinar esse convênio com São Carlos ainda esse ano para depois anunciarmos que cursos, gratuitos, vamos trazer para a cidade.

“São Carlos tem uma alta demanda de pessoas que podem atuar e se qualificar nessas áreas, inclusive empresas com porte e perspectivas de contratação. Nós estamos estabelecendo os locais e estruturas necessárias para análise do Governo do Estado. E assim efetivar esse convênio num curto espaço de tempo e oferecer esses cursos na cidade de São Carlos”, disse Walcinyr Bragatto, secretário de Trabalho, Emprego e Renda que levou Daniel para conhecer os centros de economia solidária da SMTER.

Para o prefeito Airton Garcia quanto maior a oferta de cursos profissionalizantes melhor para a população. “Buscamos fazer o máximo que pudemos para ajudar quem quer entrar ou voltar ao mercado de trabalho. Tenho certeza que vamos firmar mais essa parceria com o Governo do Estado”.

Pelo programa São Paulo Criativo atualmente são oferecidos cursos nas seguintes áreas de qualificação: audiovisual, tecnologia da informação, comunicação e mídia, gastronomia, design, arquitetura e arte urbana e de turismo e lazer.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 167