Alunos do CEMEI João Baptista Paino e da Educativa assistiram musical infantil

“O espetáculo Beco dos Gatos é uma história bem bonita, onde dois grupos diferentes de gatos disputam o mesmo espaço e no final eles entendem que é possível todos conviverem juntos.

Publicado em 15/11/2019 19:17:21

 Alunos do CEMEI João Baptista Paino e da Educativa assistiram musical infantil

 

Na manhã desta quinta-feira (14/11) cerca de 60 alunos do CEMEI João Baptista Paino, crianças com idades entre 4 e 6 anos, e aproximadamente 100 alunos da Educativa – Cooperativa Educacional de São Carlos assistiram ao musical “Beco dos Gatos”, que conta a história de Claus, o líder dos gatos vira-latas, que precisa salvar seu amigo, o gatinho Inácio, das garras do malvado Rajado. As escolas são do mesmo bairro, o Azulville, e o espetáculo, que tem canções de diversos desenhos e musicais infantis, tem como tem ocupação de espaços de forma compartilhada, por grupos diferentes, como o fazem os bons vizinhos.

“O espetáculo Beco dos Gatos é uma história bem bonita, onde dois grupos diferentes de gatos disputam o mesmo espaço e no final eles entendem que é possível todos conviverem juntos. Uma forma artística, divertida de mostrar para as crianças como é sim possível viver com o diferente.”, contou o professor de Teatro da Educativa, Alexandre Rodrigues.

No Ginásio de Esportes da Educativa as crianças assistiram encantadas ao musical, que tem como atores alunos da Educativa convidados a participar das montagens a partir do 9º ano.

”É muito importante proporcionar esse tipo de atividade para as crianças, pois é possível sair completamente da rotina deles, possibilitando novas experiências, o teatro, uma cultura diferente, um espaço diferente do que eles já estão inseridos. Importante para os dois grupos de crianças”, afirmou a diretora do CEMEI João Baptista Paino, Claudia Saidel Cortez.

Essa não foi a primeira apresentação desse espetáculo, mas foi uma experiência inédita para os atores e toda a equipe de produção. “Poder apresentar para um público que não da escola, valoriza ainda mais o trabalho que é feito ao longo de todo o ano. E essa plateia, com crianças bem pequenas, é mais eufórica. Então foi um novo desafio”, afirmou a professora de música Thaís Teixeira.

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 172