SMTER São Carlos entrega certificados do curso de soldador

Com carga horária de 100 horas o curso foi realizado através de parceria da Prefeitura Municipal de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), com o Governo do Estado de São Paulo, através do Via Rápida Emprego

Publicado em 30/03/2019 08:57:16

SMTER São Carlos entrega certificados do curso de soldador
Os formandos do curso viabilizado através de parcerias - DIVULGAÇÃO

 

Depois de receberem nas últimas semanas em uma Unidade Móvel de Soldagem (carreta) do Via Rápida Emprego a capacitação para o curso de soldador, os alunos receberam na manhã desta sexta-feira (29/3), no auditório “Prof. Wilson Wady Cury” da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) os certificados pela conclusão do curso.

Com carga horária de 100 horas o curso foi realizado através de parceria da Prefeitura Municipal de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), com o Governo do Estado de São Paulo, através do Via Rápida Emprego, programa coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico. Foram disponibilizadas 60 vagas (20 alunos por turma) para aulas nos períodos da manhã, tarde e noite. A capacitação foi feita por professores da Escola Técnica Paulino Botelho do Centro Paula Souza.

Participaram da solenidade de certificação dos alunos, o secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, Cássia Regina Azevedo, representando a direção da ETEC Paulino Botelho, do Centro Paula Souza, Fábio Kiei Nakasone, professor da ETEC Paulino Botelho e Coordenador do Via Rápida e os professores Osvaldo Silva de Araújo e José Marinho da Silva.

Os alunos receberam treinamento com noções básicas sobre todos os processos de soldagem utilizados nas indústrias como eletrodo revestido, soldagem MIG/MAG, trabalharam com simuladores, ajustes de regulagem dos equipamentos e tiveram uma visão da história do emprego e conhecimento do mercado de trabalho.

Fábio Kiei Nakasone, professor da ETEC Paulino Botelho e Coordenador do Via Rápida, destacou que foi um bom curso, com grande aceitação, pouca evasão. “Tivemos alunos que começaram a trabalhar durante o curso. Os alunos saem com boa bagagem para trabalhar na área de soldagem e a empresa que contratá-los não terá problemas em relação aos conceitos e prática de soldagem porque eles estão capacitados”.

O curso teve como maioria dos alunos homens, entretanto, duas mulheres também decidiram se capacitar para atender as exigências do mercado de trabalho. A aluna Maria Helena Gerciano contou que trabalhava na área de saúde e decidiu mudar. “Sou persistente, mudei totalmente de área, quis aprender o processo de solda, saio com boa bagagem de soldagem, valeu a pena e a partir do curso tenho expectativa de conseguir uma colocação no mercado de trabalho”.

Já a aluna Isabel de Almeida Costa Delgado explicou que já faz curso técnico na área de mecânica e resolveu fazer também o curso de soldador. “Acredito que com isso vou agregar conhecimento prático e complementar meu currículo”.

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, destacou que o curso de soldador foi gratuito e de alta capacitação. “A qualificação em solda básica dá uma perspectiva muito boa para as pessoas poderem atuar junto às empresas que já usam desta mão de obra, como também oferece a possibilidade de trabalharem por conta própria. Quase a totalidade dos alunos finalizou o curso e foram certificados. Foi um curso de excelente qualidade, ressalto a importância da parceria com a ETEC Paulino Botelho porque a equipe toda esteve engajada com a nossa equipe da SMTER. Estamos pleiteando outros cursos, com parcerias importantes para que as pessoas tenham mais oportunidades de trabalho”, disse Bragatto.

 

Comentários

Últimas notícias

Página 1 de 165